Olá!

Pela primeira vez, tive a oportunidade de ler algo de Patrick Modiano, prêmio Nobel de Literatura 2014. Apesar do título comprido, Para Você Não se Perder no Bairro é um livro super curto, que pode ser devorado em horas. Vem comigo conferir do que se trata esse romance.
Para Você Não se Perder no Bairro nos apresenta o escritor parisiense Jean Daragane, que está na solidão de sua casa, quando recebe uma ligação. Do outro lado da linha, um desconhecido afirma ter encontrado a caderneta de endereços de Jean. O homem insiste em querer devolvê-la pessoalmente ao autor, mas ele reluta muito antes de aceitar.

Quando finalmente se encontraram, Jean percebe que são duas as pessoas que encontraram a caderneta - um casal. Mas, o encontro tinha segundas intenções, pois o rapaz queria que Jean desse o paradeiro de um certo Guy Torstel. Mas Jean, já velho, não tem a menor ideia de quem diabos é esse Guy. Depois de muito puxar na memória, Jean se lembra que esse Guy Torstel foi citado em seu primeiro livro. 

E esse Guy Torstel também consta na bendita caderneta de endereços, mas, a caderneta é tão antiga que o número do Guy têm sete dígitos e na França atual, os números de telefone têm dez dígitos. Depois de muito procurar, Jean descobre que o senhor Torstel era amigo de um certo Jacques Perrín... e de sua mãe. E depois surge um novo nome: Annie Astrand. 
Indo a fundo em suas investigações, ele vai parar numa casa na cidadezinha de Saint-Leu-la-Fôret. Puxando demais na memória, ele se recorda que passou certos momentos de sua infância nessa casa. E nessa casa, ele se lembrou que Annie Astrand, Guy Torstel, Jacques Perrín e sua mãe a frequentaram também. Enquanto isso, ele quer distância das pessoas que encontraram sua caderneta.

Como eu disse lá em cima, o livro é super curto, tem só 144 páginas, mas é muito bem escrito, oscilando entre um Jean criança e um Jean velho, com suas preocupações e um final um tanto improvável. Por ser a primeira obra que leio do francês, até que as impressões foram boas, apesar de ter dormido duas vezes enquanto lia, a atenção durante a leitura é máxima, pois a passagem de tempo é sutil. 

O título do livro é bem condizente com a obra, mas o motivo só é relevado nas páginas derradeiras. Leitura recomendada para pessoas mais velhas, jovens como eu podem se enfadar com as passagens de tempo e os devaneios do Daragane. Percorrendo a escrita do autor, ele mereceu demais o Nobel. Pretendo ler mais de Modiano, para entender melhor sua maneira de escrever. E parabéns à Rocco pela capa super bacana, com um mapa de Paris.



30 Comentários

  1. Olá
    É a primeira resenha que leio do autor, e fiquei bem encantada, eu gosto bastante de livros em que o passado é redescoberto, a gente larga tantas coisas boas por lá, e só levamos as coisas ruins com a gente, as vezes é interessante redescobrir essas lembranças.
    Eu não sei o que o Jean descobriu nessa caderneta e fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu não conhecia o livro e nem o autor, fico feliz em saber que você gostou da obra e confesso que também fiquei interessado. O fato do autor ter ganhado o prêmio nobel pela escrita já é um motivo imenso de dar uma oportunidade a ele, ainda mais sabendo que o livro é curtindo e ele conseguiu transmitir algo fantástico merecedor de um prêmio, isso demonstra o quanto ele é bom quanto escritor e isso me deixa bem curioso, não só o autor, mas a obra e o trama apresentado na resenha também me deixou bem interessado! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Kamila, nunca li nada do autor. Gostei da forma como escreveu a resenha, mas infelizmente não é meu tipo de livro. E concordo com você, a capa é linda!

    ResponderExcluir
  4. Oi. O título do livro já é bem convidativo, também gostei da capa e não conhecia o autor, até o momento. Lendo a resenha, eu fiquei totalmente encantada com o enredo, é diferente e 144 páginas, dá a impressão que a leitura é bem rápida. Dica anotada, essa veio como presente ^^

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Eu gosto de livros com enredo inovador. Esse ai por exemplo é bem diferente né.
    Não conheço o autor, e sua obra também foi novidade.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  6. Parece bem interessante. É livro para um dia especial, de reflexão e concentração nas idas e vindas da tramas. Ainda não li nada do autor, portanto, obrigada por me apresentar o estilo dele. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oiii Kamila, não conhecia a obra e nem o autor, fiquei feliz de encontrar uma indicação dessas em seu blog, pois não o conhecia e vindo de ti vem coisas boas, pretendo ler com toda certeza.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Eu sou velha me enfado fácil, então já sei que esse livro seria bem arrastado para mim, mas achei a premissa super interessante, por ser uma leitura curtinha também me anima um pouco mais, assim posso arrastar a leitura por uma semana se for cansativa em vez de duas quando isso acontece... kkkkkkkk

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Dessa vez eu passo a dica, acho que não me conectaria a história por conta das passagens de tempo e tals.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Não conhecia o livro, mas achei a premissa muito boa e com certeza vou dar uma chance.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua resenha, fiquei curiosa para saber por quê o casal quer tanto encontrar os nomes da caderneta? Mesmo o livro tendo poucas páginas, achei o enredo super interessante e gostaria de ler um dia. Também achei engraçado você dizer que dormiu algumas vezes lendo kkk, isso aconteceu algumas vezes comigo. Porque mesmo a história sendo super interessante, ás vezes o meu cérebro não estava acostumado com as palavras diferentes. Mas sempre vale a pena tentar kk, já vou adicionar esse livro a minha lista, bjss!

    ResponderExcluir
  12. Oie tudo bem?! Eu nunca li nada do Modiano, mas sei que ele é muito bom. Achei sensacional esse título, bem diferente do usual por aí. E você de fato ratifica isso, já que um livro tão curto se tornou uma leitura tão especial.
    Adorei a dica e já está anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Até o final da resenha não tinha me ligado que a capa do livro é um mapa e muito menos saberia que é de Paris rsrs e acho que condiz bem com o título.
    Ainda não li nada do autor, mas fiquei curiosa principalmente por ele ter ganho o Nobel 2014.
    Confesso que a inserção de vários personagens me deixou meio perdida no decorrer da resenha e não sei se seria assim também no livro devido ele ser bem curto.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  14. Oi tudo bem?
    Livro bastante interessante eu diria. Fiquei bem curiosa para saber o que Jean descobriu sobre essas pessoas depois que vai até a casa e se ele passou o endereço para o tal casal. Mas ao mesmo tempo fiquei preocupada pelo fato de você ter dito que dormiu duas vezes lendo o livro e aí fiquei pensando: é uma leitura cansativa? As passagens de tempo atrapalham ou confundem muito o leitor? Talvez um dia eu dê uma oportunidade a esse livro.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Hey!

    Não conhecia o autor, nunca nem ouvi falar da obra, mas apesar da resenha estar incrível, eu não me atrai pelo livro, vou passar dessa vez.

    Sucesso.

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia esse livro, bem interessante. Irei colocar na lista para fazer minha própria opinião sobre ele. Parabéns pela resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oie amore,
    Não conhecia o livro até então, mas parece ser bom, afinal, receber prêmio de literatura não é pra qualquer um né.
    Gosto dessa coisa de o autor trabalhar com o personagem criança e adulto, é sempre gostoso.
    Dica anotada!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  18. Helloooo! Tudo bem?
    Olha que livro interessante!
    Ainda não tinha ouvido falar dos livros do Patrick Modiano e para começar o título e a capa do livro já me chamaram a atenção.
    Apesar de amar romances, esse livro não é muito o genero que leio, mas gostei de conhecer mais sobre a obra e os personagens tb me intrigaram.
    Gostei da dica de leitura.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  19. Olá Kamila! Não conhecia o livro, legal trazer um autor que já recebeu o Nobel de literatura. Fiquei curiosa para saber que é essa pessoa que o casal procura e a relação deles com ela. Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Kamila!
    Premissa interessante, pensando agora, li muito pouco de autores que não estejam localizados no eixo Inglaterra/EUA/Brasil, e o fato de ele ser francês me chamou visivelmente a atenção, mas você citar a leitura como provocadora de enfado em alguns momentos, fora as duas vezes em que você disse ter dormido na leitura, já me deixam totalmente com pé atrás com a obra. Se eu já sinto sono às vezes só de um personagem divagar demais em um livro YA, imagina nesse... ainda assim, é uma premissa instigante por saber as conexões que o autor vai encontrar a partir desse tal Guy. Valeu a dica mesmo assim, espero que goste bem mais das outras obras do autor que vir a ler.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia o autor, mas títulos grandes me conquistam. Adoro quando o autor alterna o tempo no livro, principalmente um livro tão curto que, mesmo assim, foi super bem escrito como você falou. Me interessei a ler.

    ResponderExcluir
  22. Eu também não conhecia o autor e gostei muito da resenha. Com certeza vou procurar ler.

    ResponderExcluir
  23. Oi Kamis,
    Não conhecia a obra e nem o autor, mas fiquei sem saber qual o ápice do livro e qual o sentido do nome :(, dê certa forma a capa não me chamou muito a atenção, então dessa vez vou deixar a dica passar.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  24. Oi Ka, tudo bem??
    Não tinha conhecimento deste livro e confesso que o enredo em si não me chamou atenção para a leitura.... de qualquer forma, mesmo com suas ressalvas, você curtiu a narrativa e ainda quer conhecer algo mais do autor... Xero!

    ResponderExcluir
  25. Oiee Kamila ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, e acho que nunca tinha lido ou ouvido nada sobre o autor...haha'
    Confesso que a premissa não me chamou a atenção, mas fico feliz em saber que foi uma obra bem escrita e uma leitura que te agradou. Acho que eu ficaria perdida nos devaneios...haha'
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  26. Oi.
    Eu já conhecia o autor, mas nunca li nada sobre os seus livros.
    Gostei dessa premissa porque esse lado investigativo sempre me atrai, mas acho que os devaneios também me incomodariam bastante. Porém, por ser um livro curto, acho que dá para relevar :)

    ResponderExcluir
  27. Oi Kamila, sua linda, tudo bem?
    Confesso que a trama não me atraiu, e se um livro tão curto fez você dormir duas vezes, não vai conseguir prender minha atenção. Uma pena. Mas que bom que gostou apesar das ressalvas. Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá!

    Eu não conhecia o livro e até achei interessante a premissa da obra, mas é aquele esquema, esse tipo de livro sempre será um pouco mais lento para mim, o que me fará demorar um pouco mais para concluir a leitura.
    Gostei da resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  29. Olá, Kamilla.
    Achei uma boa dica, não conhecia nem o livro, nem o autor.
    Apesar de parecer ser uma história boa e eu ter ficado curiosa para saber aonde essa trama toda irá acaba, achei um pouco monótono.
    Se eu tiver a oportunidade irei conferir o livro, espero gostar!

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Ainda não conhecia o livro, mas achei a premissa super interessante! (:
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Adorei sua resenha <3
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!!

Fortaleça este humilde blog, deixe seu comentário e seu link para eu retribuir sua visita!

Se quiser, entre em contato através do email resenhaeoutrascoisas@gmail.com :)