Olá!

Vocês acharam que eu ia ficar muito tempo longe dos romances policiais? Erraram! Isso porque, graças a Ani, do Entre Chocolates e Músicas, que tem parceria com a Rocco, eu pude ler Terceira Voz, do casal Rolf e Cilla Börjlind - um dia eu aprendo a pronunciar esse sobrenome. A resenha original foi postada no EC&M.
SKOOB - Terceira Voz é o segundo livro da série protagonizada pela aspirante a policial Olivia Rönning, que está numa péssima fase de sua vida, por isso resolveu tirar um ano sabático após concluir seu curso na Academia de Polícia sueca. Quando ela volta do México, Olivia – que decide mudar seu sobrenome para Rivera – cai de paraquedas num certo caso policial – mais do que deveria. Olivia fez o curso, mas optou por não seguir carreira na polícia.

Numa certa noite, a jovem Sandra Salhmann encontra seu pai, Bengt, pendurado pelo pescoço no teto de casa. Tudo indica suicídio, porém a hipótese cai por terra quando se descobre que Bengt estava investigando o roubo de uma grande carga de drogas na Alfândega, onde era funcionário.

Enquanto isso, em Marselha, na França, os pedaços de uma mulher são encontrados em diversos lugares da cidade, investigações prévias descobrem que a vítima se chamava Samira, era cega e fazia filmes pornô para sobreviver.

Abbas el Fassi conhecia Samira de longa data e, revoltado com a notícia da morte da moça, resolveu ir até a cidade francesa, para descobrir o que aconteceu e punir os culpados. E Abbas é um exímio atirador de facas. Ele resolve convidar seu amigo, o ex-policial Tom Stilton, para ir com ele nessa jornada.
Abbas, Tom e Olivia acabarão por saber que, de certa forma, os assassinatos de Bengt Sahlmann e Samira não são só coincidência. E podem estar muito interligados, apesar da distância entre Marselha e Estocolmo. Logo, querendo ou não, os instintos investigativos de Olivia e Tom ressurgirão com toda a força.

Eu vou dizer o que desse romance? Isso mesmo, que não tem como eu não enjoar de scandi-crime, o romance policial escandinavo. Por mais que eu já tenha lido vários – e vários num curto espaço de tempo – cada autor tem sua particularidade. E não é diferente com o casal Börjlind (ainda não aprendi a pronunciar o sobrenome). Os personagens são humanos, mas com aquele ingrediente que não pode faltar em nenhum romance policial – independente da nacionalidade: o protagonista sempre priorizará a justiça, colocando todo o excedente em segundo plano – e isso inclui família e amigos.

Além de Olivia e Tom (que não se falam porque ela tem ressentimentos com ele, por causa de uma certa situação ocorrida no livro anterior, Maré Viva), os outros policiais também são essenciais na história, como Mette Olsäter, a detetive-chefe, com seu faro, conhecido e respeitado em todo o país. Mette e seu marido Mårten (se pronuncia Morten) são amigos de longa data tanto de Olivia quanto de Tom, mas por causa da decisão de Olivia de não se tornar policial acaba balançando um pouco a relação das duas.
E como é de praxe, a sociedade – em suas piores facetas – são exibidas no livro como se fosse um aviso de que nem tudo é perfeito na Suécia. Lá também tem problemas sociais, como a corrupção, violência contra a mulher, desvio de verbas públicas e por aí vai. A crítica social é feroz, mas sutil; a trama aponta as feridas de uma nação que, mesmo muito desenvolvida, ainda tem suas falhas.

Vim conhecer o casal Cilla e Rolf justamente por causa desse lançamento, até então nem sabia que a Rocco publicava romances policiais. Então, pedi – implorei – para a Ana tentar um exemplar para mim, e não me arrependo de ter lido, isso porque as 461 páginas voam (se eu tivesse mais tempo livre, teria lido em uns dois dias). Terceira Voz me foi uma grata surpresa, apesar de, na tradução, a tradutora ter se empolgado e escrito umas palavras que nem minha avó, se estivesse viva, usaria, de tão arcaicas que são. Mas isso não me incomodou, só surpreendeu. O trabalho da Rocco ficou muito bom, agora só me resta juntar a grana e ter o Maré Viva, porque alguns pontos que se resolveram neste livro, foram iniciados no anterior.

Leitura fortemente recomendada. E Ani, obrigada pelo livro.

P.S.: leitor, leia este livro em uma posição bem confortável, porque quando você descobrir porque o título é Terceira Voz, vai cair da cadeira. De surpresa.




28 Comentários

  1. Oiii
    Que livro empolgante!! Eu sou uma graaande fã de romances policias e acho que esse livro é uma boa pedida.. rsrs
    Tô muito curiosa pra saber o motivo do título "Terceira Voz" rsrs
    Bjoo

    ResponderExcluir
  2. Oiii, gostei muito da sua resenha, li poucos livros de genero, (da pra contar nos dedos) eu até compraria esse se tivesse dinheiro agora kkk quando a gente nao tem dinheiro tudo é caro! kk
    Eu não gosto de livros com palavras arcaicas deixa a leitura pesada, mas se você disse que não incomodou na leitura então ta bom rs
    Fiquei curiosa com o por que da surpresa sobre o titulo do livro, queria saber kkk
    Beijoos <3

    ResponderExcluir
  3. Menina, que resenha mais empolgante! Eu ainda não li nenhum romance policial escandinavo, mas o gênero policial é o meu preferido e pelo que li na sua resenha, vou gostar bastante.

    ResponderExcluir
  4. Oiii Kamila tudo bem?
    Que maravilha ter conseguido essa obra para ler e fico feliz de também ler a sua resenha, faz tempo que não leio um genero assim e me deu saudadezinha, por mais que seja um livro grosso a leitura é bem fluida.
    Dica anotada
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Acho que cheguei a ler essa resenha lá no EC&M... Tenho quase certeza... rs
    Eu achei a história realmente intrigante. Por mais que eu não curta muito a linha romance policial, eu achei a história bem diferente e instigante.
    Parabéns novamente pela resenha!
    beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bem? Gostei muito da resenha nos últimos dias li dois livros do gênero investigativo e confesso que estou adorando, dica anotada, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oláa! Estou chocada de como nunca ouvi falar nesse livro. Achei sua resenha maravilhosa <3
    Esse deve ser aquele livro que a gente não larga nem por um segundo.rs
    Vou adicionar na minha listinha.
    E essa capa ta linda.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Então, não sou fã de livros policiais, mas esse me chamou bastante a atenção. Achei bem bacana também a história mostrar que a Suécia não é perfeita, acredito que muitos tenham a mania de "endeusar" países estrangeiros e não curto muito isso. Só não curti muito o fato de ser uma série, já que tenho optado por livros únicos.
    Gostei da dica, não sei se leria agora, mas tenho muita vontade de saber pq o livro tem o nome de "terceira voz".
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Não costumo ler romances policiais. Mas o seu comentário a respeito do choque sobre o título do livro me deixou extremamente curiosa, confesso.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Nunca li nenhum romance policial escandinavo e nem saberia pronunciar esse sobrenome hahahah!
    A premissa do livro é incrível e acho que eu iria gostar bastante!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá! Tudo bem?

    Eu amo romance policial, mas faz muito tempo mesmo que não leio nenhum.

    Eu não conhecia os autores e a obra e a sua resenha me deixou bem empolgada! Quem sabe eu não volte aos romances policiais com essa leitura?

    Ps: Fiquei doida pra saber o motivo do título.

    Beijos e até!

    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem?
    Eu gosto muito de romances policiais e muito também dos romances policiais suecos, inclusive estou com um da Vestigio aqui pra ler, esses autores eu ainda não conhecia, mas fiquei bastante instigada em conhecer melhor a escrita deles.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Kamila! Nossa, parece ser um livro muito viciante mesmo! Gosto muito de romances policiais e esse já estava na minha lista de desejados fazia um tempinho. Fiquei bastante curiosa em relação ao enredo e bem intrigada com cada assassinato, estou ansiosa para saber como esses detetives irão resolver o caso. Sua resenha está ótima e eu não fazia ideia de que esse livro fazia parte de uma série, vou procurar logo o primeiro volume antes de ler esse. Obrigada pela dica! Bjss.

    ResponderExcluir
  14. Ou Kamila, também não dispenso um bom policial, e com.certeza vou querer ler este também. Que cena a guria presenciou. Ninguém merece encontrar o pai deste jeito. Quero descobrir tudo sobre este crime.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Não conhecia esse livro, e como gosto muito de romance policial, achei bacana a parte da crítica social e fiquei morrendo de curiosidade pra entender o título, dica aceita.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi...
    Não conhecia o livro, e honestamente não gosto de livros policias, nem romances policiais, na maioria das vezes os livros sempre seguem uma especie de roteiro, e a trama desse parece um episodio de CSI, que embora eu goste bastante, prefiro nas telas do que nos livros, apesar disso conheço leitores que gostam bastante do genero e vou indicar esse livro p eles.
    bjos

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Não tenho costume de ler romance policial, mas essa é a segunda resenha que leio desse livro e as duas me deixaram mega curiosa. Gosto de livro que os personagens humanos, não curto personagens mt perfeitos. O que me desanima é saber que a linguagem usada é bastante arcaica.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  18. Que capa linda. Não conhecia a série e certamente é o tipo de livro que leria pela capa, sabendo mais pela resenha, a curiosidade aumentou, amo romance policial. Também não sabia dos romances policiais da Rocco.

    ResponderExcluir
  19. Heiii, tudo bem?
    Acredita que ainda nao tinha ouvido falar desse livro e ele ainda sendo o segundo da serie!
    Achei a premissa bem interessante e amooo tb romance policial, nada como ficar louca pra saber o final de tudo e quem mentiu ou me enganou durante o livro todo, pq eu sempre erro o final, hahaha…ainda bem, prefiro assim.
    Adorei a dica, vou tentar ler com certeza.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  20. Oi Kamila, tudo bem?

    Toda vez que venho em seu blog, saio daqui com minha lista de livros ainda maior e querendo desesperadamente os livros da resenha. Tenho uma quedinha por romances policiais e só de saber que esse livro passeia nesse gênero, já me deixa muito curiosa. O fato de ser escandinavo, "cultura" que você sempre exalta por aqui, fico ainda mais curiosa. Dica anotada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Oie! Tudo bem?

    Guria que resenha é essa? Estou querendo esse livro para ontem depois de ler a sua opinião da obra! Sou fã de livros policiais, mas acabo ficando sempre nos americanos, mas acredito que sairei da minha zona de conforto com esse!

    Bjss

    ResponderExcluir
  22. Oii, estou com um livro policial aqui comigo e sera o primeiro que vou ler. Por coincidência é o da sua resenha! Kkkkkkkk amei, já tp ansiosa

    Bjs, Janini

    ResponderExcluir
  23. oie, que bacana que o livro te prendeu. também gosto dos suecos, e bacana que podemos ver os problemas sociais e demais coisinhas desse cotidiano lá. gosto de livros que surpreendem, então certamente esse é uma boa pedida.

    ResponderExcluir
  24. Tá, preciso dizer que amei a resenha? Não né.... Ela está perfeita.
    Nunca li e nem conhecia esse livro. Conheço bastante este estilo visitando teu blog.... Haha....
    Aí vem uma dica que será anotada gostei da indicação.

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem? De fato esse título parece trazer um grande mistério por trás haha irei ler numa posição confortável sim hahah Confesso que não sou muito de ler romance policial, mas espero mudar isso em breve. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Oiii!

    Eu já falei pra você,não sei como você não enjoou do genero ainda... Maaaaas fico feliz em ver tanta paixão assim pelo estilo, é tipo eu com meus chicklit.
    Espero poder ajudar com mais livros em breve! ;p

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  27. Não conhecia o título e parece ser uma história bastante interessante, vou por na lista. Adorei sua resenha, muito bem escrita.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Olá
    Tudo bem ?

    Esse livro é totalmente novo pra mim, até então não conhecia. E apesar de não fazer meu estilo para leituras, a historia parece ser bem interessante.

    Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!!

Fortaleça este humilde blog, deixe seu comentário e seu link para eu retribuir sua visita!

Se quiser, entre em contato através do email resenhaeoutrascoisas@gmail.com :)