Olá!

O resenhado de hoje é a coletânea “Histórias Fantásticas”, publicado pela Editora Ática.


(Novamente, não encontrei links para a compra desse livro. Precisei fazer uma edição para poder esconder os rabiscos que o/a infeliz fez antes de jogar no lixo. Foi uma edição ruim, aliás, mas a capa está pior. Pelo menos não tá rasgada.)

Como o nome já diz, “Histórias Fantásticas” reúne contos de renomados autores. São textos curtos, em que os personagens se confundem entre o real e o imaginário, sempre com o imaginário se sobressaindo. A história têm contos de Franz Kafka, Guy de Maupassant entre os internacionais e Murilo Rubião e Moacyr Scliar entre os nacionais.

Esse livro chegou até mim de uma forma curiosa, porém triste: meu pai o encontrou no lixo. Como se não bastasse, estava no lixo de uma porta de escola. Meu pai até poderia ter ido à escola devolver, mas se foi a escola que realmente jogou fora, isso não teria muita lógica, infelizmente. Não consigo imaginar alguém jogando um livro fora, deveria ser crime!!! Mas, ele chegou até mim e... ficou perdido na estante da sala. Só o reencontrei quando finalmente meu pai montou a prateleira. Demorei para lê-lo, mas o fiz e não me decepcionei. Apesar de não ser meu gosto literário, gostei do que li, contos que confundem o leitor – eu mesma me confundi várias vezes, complicado separar o real do imaginário.

Ao todo são treze contos de oito autores, sendo “O retrato oval” e “Manuscrito encontrado numa garrafa” de Edgar Allan Poe; “Sua Excelência” de Lima Barreto; “O Horla” de Guy de Maupassant; “O Sinaleiro” de Charles Dickens; “Diante da Lei” e “Um relatório para uma academia” de Franz Kafka; “O Edifício” e “Os Comensais” de Murilo Rubião e, por fim “Beco de Flores” e “O Cúmplice” de Modesto Carone.

Eu recomendo o livro pra quem não é acostumado a narrativas fantásticas – vamos sair do clichê de vez em quando, rs – mas não quer ler histórias longas. Lendo esses contos dá pra ter uma ideia de como a história se desenvolve.

De todos os contos, eu gostei mais de “O retrato oval” e “Sua Excelência”.

O Retrato Oval conta a história de um homem que fica admirando um retrato de uma dama muito bonita. Até que, do nada ele vê o pintor reproduzindo o rosto da moça na tela. A partir daí acontecem coisas surpreendentes.

Sua Excelência conta a história de um ministro que, ao sair de um compromisso, embarcou em seu carro. Ou o que ele achava que era seu carro. Do nada, ele começa a relembrar o discurso que proferiu em tal compromisso. A partir daí, seu corpo começa a passar por uma espécie de metamorfose...

Adoraria contar um a um dos textos, mas, além do post ficar cansativo, vocês não se interessariam em ler o livro (#quemaldade). Só contei a ponta do iceberg de dois dos meus contos favoritos para despertar a curiosidade em vocês.

Espero que tenham gostado e parem de torcer o nariz para esse gênero literário, de vez em quando é bom descansar a mente dos romances, rs.




12 Comentários

  1. Que legal, eu sinceramente gosto de livros de contos. E fantasia é um gênero que eu gosto muito. Parabéns pela resenha.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Cara que triste isso. Jogaram fora e ainda rabiscaram :(
    Triste para caramba, uma falta de respeito...Que bom que seu pai localizou e você pode ler.
    Gosto de livros que tem varios contos e tenho curiosidade de ler E. Allan Poe :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Kamila, tudo bem? Nossa, no lixo? Que pena. Mas ainda bem que vc encontrou e deu um lar ao livro :)
    N sou mt fã de contos, mas leio as vezes e me interessei p esses. Gosto desses contos que misturam o real e o imaginário :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não acredito que alguém teve a brilhante ideia de reunir Kafka, Dickens e Poe no mesmo livro, pra um iletrado jogar no lixo! Deveria ser crime sim, contra o patrimônio da humanidade.

    Mas adorei saber que esse gênero tem um espaço na sua estante e no seu blog. Leitores de contos são outro nível ;)

    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  5. Oii!!!

    também não acreditei quando disse que jogaram o livro fora e ainda rabiscaram nele. Bom, ainda existem muitas pessoas que não sabem o grande valor da leitura e dos livros. Espero que um dia eles descubram isso e resolvam correr para ler muito. Livros é tudo de bom, e quando é de contos é melhor ainda.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente muita gente não tem o amor que sentimos pelos livros.. Mesmo se eu não gostasse da história nunca teria coragem de fazer isso com qualquer que fosse o livro.

    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    É triste saber que vivemos em um país onde encontrar cultura no lixo é comum. Mas enfim...
    Ultimamente tenho ouvido/lido ótimas opiniões sobre "Realismo Fantástico" e esse livro parece conter ótimas histórias do gênero.
    Gostei do post!

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Gostamos de livros de contos, mas ainda não lemos nenhum livro com história fantasia!! Esse parece ser ótimo!!!

    beijos


    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gosto muito de contos, mas não li a maioria dos autores que você mencionou o.O
    Adorei o post e da dica do livro e super triste a pessoa abençoada que destruiu o livro!

    Beijos
    ​​​​​​LiteraMúsicas​ | Fanpage

    >>Está rolando o #DPL2015:​ ​​​Desafio Power Literário Vai ficar de fora?

    ResponderExcluir
  10. olá - e os contos de Moacyr Scliar são quais ... ?

    ResponderExcluir
  11. olá - e os contos de Moacyr Scliar são quais ... ?

    ResponderExcluir
  12. As "Ursas e Uma Casa"

    ResponderExcluir

Olá!!

Fortaleça este humilde blog, deixe seu comentário e seu link para eu retribuir sua visita!

Se quiser, entre em contato através do email resenhaeoutrascoisas@gmail.com :)